Category Archives: Uncategorized

Semana artística no bairro dos Pimentas

A semana que começa no dia 24 e vai até o dia 30 de novembro contará com uma programação artística e cultural muito especial no bairro dos Pimentas. As Intervenções Artísticas na Urbanização do Sítio São Francisco realizado pelo Projeto ComCom Pimentas em parceria com a comunidade local,  artistas e convidados irão promover as seguintes atividades:

46503175_1003774553140721_973470576909746176_n.jpg

24/11
INÍCIO DA PINTURA NA RUA ONZE

A revitalização das escadarias vai acontecer em frente ao número 166 na Rua Onze, os moradores já começaram a preparar o local, limpando retirando a vegetação e pintando as paredes. Essa tela vai ganhar a mais nova obra desta galeria de arte que está se tornando o Sítio São Francisco.

Para conhecer as outras obras visite os endereços:

Rua Santiago, 58, 292, 300 e 316b – Sítio São Francisco
Rua Santiago, esquina com a Rua Santiago G1
Antiga Rua 10 esquina com projetada 17 atual Rua Norte-Sul

Ou acesse: www.facebook.com/iaudositio/

Endereço: Rua Onze, 166 – Guarulhos – SP, 07263-400
Horário: 10h às 17h

24/11
3° MOSTRA DO AUDIOVISUAL NEGRO

O Cineclube Incinerante exibe uma das sessões da 3ª Mostra Audiovisual Negro no Projeto ComCom Pimentas, o projeto de comunicação comunitária dos Pimentas será o local voluntário de exibição no dia 24 de novembro. Nelson Simplicio membro do Cineclube falou da importância de um evento como esse para o audiovisual negro no estado de São Paulo.
A mostra seleciona curtas, videoclipe e outras produções de todo Brasil para exibição. Os pontos de exibição são voluntários e acontecem dos dias 19 a 25 de novembro.

Curadoria: Aloysio Letra e Thais Scabio

A SESSÃO NEGRA LIBERDADE – Que sejam para todos. Que sejam livres! Tem duração de 70 minutos e recomendação de 12 anos. Os filmes que serão exibidos:

AMOR DE ORI – Bruna Andrade Barros/ ficção/drama/07’13″/BA
SUDESTINO(OS) – Germano de Sousa/documentário/20’/CE
JUDAS – Joel Caetano/ficção/terror/11’/SP
CARTA SOBRE O NOSSO LUGAR MULHERES DO VILA NOVA – Rayane Penha/documentário/13’/AP
PANDORGA – Mauricio Rodrigues Pinto/ficção/romance/17’22” / MT

Endereço: Rua Antônio Dias dos Santos, 254 – Jardim Alice, Guarulhos – SP
Horário: 18h

46508072_1003842469800596_7731506427805564928_n

29/11
PAPO RETO

Papo Reto e um projeto que nasceu em 2011 da percepção de que muitos jovens na periferia se sentem incapazes de vencer na vida, por isso, precisam perceber, ver, sentir que na quebrada de diversos lugares do Brasil há sim jovens que são exemplos e que conseguiram vencer. A roda de conversa é o lugar de encontro, temas polêmicos ou que mexem com a cabeça desses jovens são discutido. A partir daí as experiências compartilhadas é inspiração para construção de uma nova realidade, mais cheia de vida e esperança. Esse projeto é idealizado por Jeferson Nascimento conhecido como “Borracha”  (texto retirado da fanpage do Papo Reto www.facebook.com/PapoRetoSociedadeCultura/?ti=as).
No dia 29/11 essa roda de conversa vai acontecer aqui no Bairro dos Pimentas com a participação de Vera… assistente social atuante nessa região. O objetivo desse evento é que os  artistas e convidados compartilhem um pouco da sua experiência mostrando aos jovens presentes o quanto é possível chegar mais longe com a arte e com a cultura.

Endereço: Rua Antônio Dias dos Santos, 254 – Jardim Alice, Guarulhos – SP
Horário: 14h às 17h

30/11
ENCERRAMENTO DA PINTURA NA RUA ONZE

O encerramento da semana vai ficar por conta das finalizações na intervenção artística nas escadarias da Rua Onze dando aqueles retoque para que todos possam apreciar, tirar fotos, postar nas suas redes sociais a mais nova obra de arte do Sítio São Francisco.

Endereço: Rua Onze, 166 – Guarulhos – SP
Horário: 10h às 17h

Texto: Camila Cunha
Anúncios

Organização comunitária e os avanços culturais para a comunidade

post-pantanal-1

O Projeto Pantanal assim chamado, foi o Projeto de Urbanização do bairro União de Vila Nova que era conhecido como Jardim Pantanal. A CDHU é a grande mentora e executora deste trabalho, que no início enfrentou muita resistência por parte dos moradores que não queriam a urbanização, até entenderem que não se tratava apenas de um projeto desenvolvimento. O objetivo do projeto vai além, a preocupação com a comunidade enquanto indivíduos sociais, foi um cuidado que a CDHU manteve. Empoderar as lideranças da comunidade através de criação de projetos sociais e incorporação de vários outros que já existiam foi um dos primeiros passos para que a população não só aceitasse mas também desse seu apoio e participação no processo de urbanização. A organização comunitária trouxe o avanço cultural que a comunidade precisava e que hoje é reconhecida por todas as “Células do Pantanal”, assim chamados todos os projetos sociais dentro do macro Projeto Pantanal que são: Mulheres do GAU (Grupo de Agricultoras Urbana), Viveiro Escola, NUA (Instituto Nova União da Arte), Cooperativa de Reciclagem, Fórum, Atelier de Costura, Quebrada Sustentável e Varre Vila. A liderança da comunidade é fortalecida, organizada e muito participativa. Hoje quem fala pela comunidade é a própria comunidade.

O Viveiro Escola é o principal ponto de encontro para as atividades do Projeto Pantanal, é um ambiente que reúne além dos projetos diversas de suas atividades. As Mulheres do GAU cuidam da horta e da produção de mudas e plantas medicinais. O ambiente também comporta uma academia sustentável a Agro-Gym onde os exercícios praticados ajudam a produzir alimentos saudáveis para a cozinha do Viveiro.

O Projeto ComCom Pimentas (projeto social de comunicação comunitária) atuante no bairro dos Pimentas, comunidade que está passando pelo processo de urbanização pela CDHU, hoje faz uma contribuição colaborativa com o Projeto Pantanal, que apesar de ter seu processo já encerrado é constantemente visitado por representantes da CDHU, pois se tornou um referencial de comunidade organizada em vários âmbitos e hoje serve de modelo não só para a liderança do Projeto Pimentas, mas para várias comunidades do estado de São Paulo. Esses eventos são postados nas redes sociais (página de Facebook, perfil no Instagram e canal no Youtube) administrada e alimentas pelo ComCom, com a produção de vídeos, fotos e conteúdo que contam a história dessa comunidade. Além de constantes matérias para a Rádio ComCom. Há um projeto muito legal sendo desenhado de que essas matérias passem a ser um programa fixo na grade de programação da rádio.

Texto: Camila Cunha
Fotos: Wesley Cassey, Alice Carolina e Giovanna Carvalho

 

Projeto ComCom Pimentas em novo endereço

curso-post

O Projeto ComCom Pimentas está em novo endereço, agora, na Rua Antônio Dias dos Santos, 254 no Jardim Alice em Guarulhos. O espaço está de portas abertas para receber os moradores da região dos Pimentas e do entorno com o curso de Comunicação Comunitária. A partir desse semestre os cursos de Rádio, Jornal e TV passam a ser agrupados em um curso único que integra os conceitos dessas disciplinas, e ainda agrega a internet e smartphones como ferramentas de comunicação do nosso dia dia.

Serão dois módulos do curso de Comunicação Comunitária, o módulo Básico começa no dia 10 de setembro e vai até 26 de outubro. Sempre às segundas, quartas e sextas, exceto feriados, no horário de 14h a 17h. O Intermediário que inicia no dia 29 de outubro até 14 de dezembro, para alunos que já fizeram o módulo Básico e/ou já possuem os conhecimentos necessários. Neste módulo a proposta é a construção de um projeto multimídia utilizando os conhecimentos adquiridos durante toda a formação. O curso é totalmente gratuito.

Para se inscrever: Clique aqui!
ou por e-mail: projetocomcom.pimentas@gmail.com ou no local.

Rua Antônio Dias dos Santos, 254 – Jardim Alice
próximo a Escola Estadual Profa. Alayde Maria Vicente

Curso Pixilation com Rodrigo EBA!

Mês passado (abril/2018) o curso de Pixilation com o grande animador Rodrigo EBA!, concluiu-se com sucesso no Projeto ComCom Pimentas.

IMG_8939.jpg

Segundo Rodrigo, durante o curso os alunos tiveram a oportunidade de explorar “a animação pixilation e aprender de um jeito lúdico e divertido várias técnicas universais de animação”.

Mas afinal de contas, o que é animação Pixilation?

“A animação Pixilation é uma técnica de stop motion na qual pessoas de verdade se tornam personagens de animação. A pessoa é “animada” e fotografada quadro a quadro. Logo de cara se pode dizer que há duas vantagens interessantes de ser fazer oficina em Pixilation: A primeira é que se pode começar muito rapidamente, sem a necessidade de criação de personagens, desenhos, modelagens ou escultura de bonecos. A segunda é que é especialmente empolgante e divertido para o aluno se ver sendo o próprio personagem de animação, fazendo gestos e movimentos impossíveis que a animação consegue proporcionar”, disserta EBA.

IMG_8992.jpg

Para criar as animações não precisa de muito, basta ter um instrumento fotográfico (celular e/ou uma câmera fotográfica) e muita criatividade.

O curso não teve nenhum tipo de restrição quanto ao público. Assim como os outros cursos do projeto, ele foi direcionado à todos que tivessem interesse em entender um pouco mais sobre os diversos tipos de arte e comunicação comunitária.

IMG_9137.jpg

Um dos principais objetivos do curso era construir uma base sólida de como a animação é feita. Não era profissionalizar, mas caso algum dos educandos optasse por seguir carreira dentro da animação, com certeza ele teria uma base ótima de aprendizado através da vivência, da produção e através das brincadeiras com a animação.

IMG_8878.jpg

Biografia do educador (por Rodrigo EBA!)

Rodrigo EBA! é animador desde 2003, quando fez seu primeiro curta-metragem com seu primo Fabio Mazaia. Seguiram-se dois outros filmes com a parceria. Participa do Graffiti com Pipoca, coletivo que trabalha com graffiti e animação desde 2006. Em 2011 ganhou o segundo lugar do concurso Água em Movimento, do Anima Mundi, com o curta Cachoeira, stop motion feito com gotas d’água. Em 2013 lançou o curta Graffiti Dança, patrocinado pelo Ministério da Cultura e Petrobras e premiado como a melhor animação brasileira no Anima Mundi pelo voto popular. Em 2018 sai o longa-metragem Peixonauta – O Filme – no qual assina a direção junto com Celia Catunda e Kiko Mistrorigo. Em 2017 deu aula de Toon Boom para a turma de Pós Graduação em Animação da Faculdade Melies. Foi professor de diversas oficinas de animação, com destaque para o JAMAC Cinema Digital, oficina de animação tradicional por 2 anos no Jardim Míriam, em São Paulo.

 

Workshop de Fotografia: Depoimentos

Workshop De Fotografia Profissional

No dia 23/03 conclui-se o primeiro Workshop de Fotografia Profissional do Projeto ComCom Pimentas, ministrado pelo educador Agner Rebouças. Em 3 encontros, os alunos tiveram a oportunidade de entender a fotografia além dos cliques. Aprenderam sobre enquadramentos, iluminação e até como fotografar eventos sociais.

Workshop De Fotografia Profissional

Confira abaixo alguns depoimentos dos educandos:

“Eu achei muito bom o curso porque eu estou começando agora e não tinha percepção nenhuma e acho que depois deste curso já tenho certeza do que eu quero” – Enrique Marques

Workshop De Fotografia Profissional

“Um curso rápido e além de tudo ótimo. Aprendi bastante coisa nas aulas. Usar uma câmera fotográfica em mãos foi muito bom, me senti um fotógrafo profissional hahaha! Todo o conteúdo ensinado nas aulas serão de grande valor no futuro, até amplia a nossa forma de usar a câmera de celular, a qual temos mais acesso atualmente. Recomendo à todos, nos abre uma forma de ver o mundo com os olhos de um fotógrafo. Perfeito!” – Allan Almeida da Silva

Workshop De Fotografia Profissional

“O curso de fotografia, mesmo sendo um curto período aprendi muitas coisas, tive um ótimo professor. Você acaba aprendendo as coisas muito rápido. Esse curso foi um dos melhores que já fiz. Obrigada por me ensinarem tudo isso!” – Amanda Manrique

Workshop De Fotografia Profissional

“Eu gostei do curso é muito bom, aprendi muitas coisas e o professor ensina bem. O curso de fotografia não é só tirar foto, você aprende que para tirar uma foto você precisa saber sobre a iluminação, o enquadramento e etc… Mas amei fazer esse curso. Logo menos pretendo estar trabalhando com fotografia.” – Anônimo

Workshop De Fotografia Profissional

15ª Edição – Jornal Sítio em Ação

A edição no 15 do jornal Sítio em Ação aborda a importância dos projetos sociais na matéria de capa, entrevista com a especialista em urbanização Elisabete França, além da já famosa crônica. No infográfico você conhece um pouco mais sobre a Educomunicação e a Comunicação Comunitária.

O jornal ainda vem com um encarte especial onde o Projeto ComCom Pimentas e os cursos de TV, Rádio e Jornal são apresentados em detalhes durante os cinco anos de atividades no bairro.

Não deixe de conferir! Para fazer o download, clique aqui ou na imagem abaixo:

Baixe o jornal Sítio em Ação

Dia Internacional da Mulher: 5 mulheres brasileiras que fizeram a diferença na história do país

Hoje, dia 08 de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher, um dia que celebra a luta e as conquistas de mulheres que sofreram no passado para podermos chegar onde estamos.

Depois de muitos anos de protestos e de muitos mártires ao redor do mundo, a ONU reconheceu o dia 8 de março como dia internacional da mulher em 1975.

Nesse dia, gostaríamos de lembrar de mulheres fortes e empoderadas que fizeram a diferença no nosso país. Confira abaixo:

Dandara dos Palmares

mulheres-brasileiras-que-fizeram-historia_01

Se ouve muito falar de Zumbi dos Palmares, um dos maiores e o mais conhecido líder quilombola. Mas muitas pessoas negligenciam e esquecem que ao lado dele, estava Dandara dos Palmares, sua companheira de luta e de vida. A história de Dandara é uma incógnita, mas a certeza que temos é que ela nunca fugiu de uma briga, lutava capoeira, caçava muito bem e sabia manusear as armas. Dandara suicidou-se em 1694 durante a tomada do Quilombo dos Palmares, junto com outros companheiros quilombolas.

 

Maria Quitéria

Domenico_Failutti_-_Maria_Quitéria

Maria Quitéria lutou pela independência do Brasil no século XIX. Naquela época as mulheres eram proibidas de irem para guerra, mas Maria simplesmente foi contra as regras, se vestiu como homem e se apresentava como soldado Medeiros aos outros oficiais. Foi desmascarada pelo seu próprio pai, mas seu comandante a defendeu e ela continuou lutando.

 

Roberta Close

roberta close

Roberta Gambine Moreira, mais conhecida como Roberta Close, foi a primeira celebridade transexual do Brasil e deu visibilidade pra causa num tempo em que ninguém falava sobre isso em lugar algum. Roberta fez sua cirurgia de redesignação sexual em 1989 na Inglaterra e começou sua luta para mudança legal de seu nome, que só foi concedido em 2005.

 

Maria da Penha

mariadpenha2106755

Aos 38 anos, Maria ouviu um barulho muito alto em seu quarto. Tentou levantar mas não conseguia. Seu então marido havia atirado nela. Maria ficou entre a vida e a morte por mais ou menos 4 meses. Perdeu então a mobilidade das pernas. Ao voltar pra casa, seu marido tentou eletrocutá-la enquanto ela tomava banho. O curioso dessa história é que ninguém sabia que Marco, economista e professor universitário colombiano, tentou assassinar sua esposa. Com um interrogatório da Secretaria da Segurança, foram encontradas várias contradições nos depoimentos de Marco que concluíram que ele era o autor das tentativas de homicídio. Ele não confessou nada. Depois de 19 anos de muita luta, esse longo processo serviu de inspiração, exemplo e força para muitas mulheres após a promulgação da Lei Maria da Penha em 2006.

 

Dilma Rousseff

brazil-dilma-rousseff

Dilma foi a primeira mulher a assumir a Presidência da República do Brasil. Antes de ser presidente, durante o governo Lula, Dilma atuou como Ministra das Minas e Energia e posteriormente da Casa Civil. Em 2010 foi escolhida pelo Partido dos Trabalhadores para concorrer à presidência. Durante a Ditadura Militar, Dilma foi presa por seus ideais políticos irem serem alinhados ao socialismo.

Que não nos lembremos das mulheres apenas durante um mês, mas sim, por infinitos anos. Viva às mulheres!

Texto: Beatriz Figueirôa